Pesquisar neste blogue

PROPÓSITO

A CONEXÃO RÁPIDA, CRÍTICA, ENTRE A IMAGEM E A PALAVRA.

O MUNDO E CONTROVÉRSIA.

A ARTE E A POESIA SOBRE A MESA.

A LIGAÇÃO A OUTROS BLOGUES.

PORTUGAL IMAGES:

PORTUGAL IMAGES:
ENTRER ... LA PORTE EST OUVERTE.

DUBITO ERGO COGITO ERGO SUM

DUBITO ERGO COGITO ERGO SUM
CLICAR NA IMAGEM

POESIA VISUAL: O UNIVERSO DO SONHO


















Neste poema visual “O Universo do Sonho”,
as letras representam as estrelas, galáxias e planetas,
Iluminados, a luz, a parte "branca" iluminada
do Universo, onde o tema principal é a “Liberdade” e,
a partir do qual, desse sentimento (sonho) utópico,
se constroem as outras palavras.(...)
O espaço negro representa a parte escura do Universo, 
no seu todo conjuntural, o princípio cosmogónico
dos contrários: “Caos - Ordem”, como "princípio - fim",
a infinita renovação. Sem princípio nem fim.

DO CAOS INICIAL À ORDEM:
As cosmogonias (as explicações sobre a origem do cosmos) são concebidas como um processo de passagem do caos inicial à ordem.
O processo cosmogónico é explicado de três modos essenciais:
a) Uma potência intrínseca à matéria criou o cosmos desde o caos inicial;
b) Um espírito exterior à matéria actuou sobre ela, conferindo-lhe a forma actual;
c) O cosmos resultou de uma luta incessante entre dois pólos opostos (caos/ordem, morte/vida, etc.). 
http://www.youtube.com/watch?v=x2GMo1VUZGQ

Sem comentários: