Pesquisar neste blogue

PROPÓSITO

A CONEXÃO RÁPIDA, CRÍTICA, ENTRE A IMAGEM E A PALAVRA.

O MUNDO E CONTROVÉRSIA.

A ARTE E A POESIA SOBRE A MESA.

A LIGAÇÃO A OUTROS BLOGUES.

PORTUGAL IMAGES:

PORTUGAL IMAGES:
ENTRER ... LA PORTE EST OUVERTE.

DUBITO ERGO COGITO ERGO SUM

DUBITO ERGO COGITO ERGO SUM
CLICAR NA IMAGEM

SUBMAR.

Entrei pelo mar adentro.

Desci ao leito do mar profundo,

Ao reino de Neptuno, desse mundo:

Na enseada d’Arrábida me iniciei,

Até ao Espichel pelo fundo mergulhei,

nas pedras negras, daquele mar...

De Sagres à Madeira, pelas Desertas,

Selvagens ao Indico, pelo Mar Vermelho.

Açores, Formigas a Porto Santo,

Berlengas, Estelas e Farilhões.

Pelas Flores e Corvo, naveguei

e em todas elas com azul mar.

Vi mar e mar sem terra à vista,

ondas cavas e mar sereno;

ventos fortes de meter medo;

gigantes raios a rasgar o céu,

a iluminar o firmamento.

Com trovões de barlavento.

Pelo mar fui navegando,

pelo fundo fui mergulhando:

Vi caravelas naufragadas,

das almas nobres lusitanas,

da gente antiga, daquele mar.

Das lendas épicas já cantadas,

vi sereias belas e mundanas.

Vi cores vivas de encantar,

Ninfas de corais e coisas mais...

JMBD, in Mondo sommerso

Sem comentários: